segunda-feira, 14 de Março de 2011

Consequências da obesidade na sociedade

A sociedade discrimina constantemente a pessoa obesa, como se ela fosse a única responsável pelo seu estado. Mas isso não condiz com a realidade. Na verdade, o obeso nada mais é do que vítima de uma série de factores orgânicos, ambientais e psicossociais que têm implicações fortes para o controle da doença, caracterizada pelo excesso de gordura no corpo. Entre tanta discriminação e preconceito, é muito difícil manter uma auto-imagem positiva, sem depressão e outras perturbações.

O desprezo ao obeso e a preocupação com a magreza começam na infância.

A discriminação contra pessoas obesas é tão generalizada quanto o preconceito. As estatísticas mostraram que as pessoas obesas apresentam menor probabilidade de completar o mesmo número de anos escolares, de serem aceites em escolas de prestígio e ingressar em profissões desejáveis.

No entanto, o problema não termina com a Universidade. As pessoas obesas enfrentam discriminação ao procurar emprego e no ambiente de trabalho, onde encontram dificuldade de colocação no mercado de trabalho.

Sem comentários:

Enviar um comentário